Felicidade não se compra. Infelicidade está em promoção

“Colar de prata em perfeitas condições, diferente do coração dele. US$ 35”. “Vestido de noiva novo por US$ 240. Espero que você tenha mais sorte do que eu.” Assim são os classificados do site Never Liked It Anyway . É um bazar online em que você vende presentes do seu caso de amor que deu errado. Ao invés de chorar lágrimas de sangue, simplesmente junta os pertences do romance, o Neruda que você nunca leu e… vende!

Afinal, para que ser triste ? Seja esperto e tire um troco.

Você deveria estar aos prantos num chão de ladrilho frio. Você deveria estar ouvindo aquela canção do Roberto. Você deveria estar cortando os pulsos em cruz. Mas no mundo em que só os alegres existem, o que você faz? Um bom negócio.

A felicidade não se compra. Mas a infelicidade, parece, está em promoção. Diz aí, você compraria um presente de um romance que desandou? Um antipatuá legítimo?

Quando o amor acaba, nem a megasena acumulada dá jeito. Fazer dinheiro nestas horas é para os fracos. Porque os bravos também choram.