Suicídio

“Ninguém se suicida por amor. Suicida-se porque o amor, não importa qual seja, nos revela na nossa nudez, na nossa miséria, no nosso estado desarmado, no nosso nada”

(Cesar Pavese, citado em conto de Caio Fernando Abreu)

Arquivado em:pop

Sobre o Autor

Escrito por

caótica, escritora, jornalista, roteirista, o outro blog é o defeito.com, rio de janeiro.