Fotojornalistas pelos muros.

Um grupo de fotógrafos – muitos que trabalham na grande imprensa – resolveram colocar suas imagens dos manifestações . Desta vez com edição própria, pelas muros de São Paulo. Um policial tenta impedir. “Isso é crime ambiental”, diz ele. E apreende o material. É o movimento FotoProtesto. “Colocamos na discussão o papel da fotografia como instrumento de comunicação de massa fora dos canais tradicionais estabelecidos. Neste momento, a imagem precisa estar além dos meios de comunicação privados, dos museus, das galerias de arte, da tela do celular. O coletivo FotoProtestoSP acredita na urgência de uma fotografia que se manifeste viralmente, na rua, entre as pessoas. Assim, os tapumes, muros e viadutos passam a ser nossos espaços expositivos. O coletivo FotoProtestoSP abre a partir de agora um diálogo com a população de São Paulo e de outras capitais brasileiras sobre luta, memória, testemunho, uma mensagem que, esperamos, sirva para ajudar na transição tão necessária hoje para um país mais justo e honesto.
Assista!

FotoProtestoSP > Primeiro Ato from Lost Art on Vimeo.

FotoProtesto SP > Segundo Ato from Lost Art on Vimeo.

FotoProtesto SP > Reações from Lost Art on Vimeo.