Eu e a minha imaginação no parque

Eu e a minha imaginação no parque. Trocamos confidencias e vemos as formigas invadirem nosso piquenique. Eu e a minha imaginação no parque. Comemos maçãs caramelizadas no Expresso do Amor. Eu e a minha imaginação no parque. E os nossos nomes gravados no tronco de uma árvore. Eu e a minha imaginação no parque. De mãos dadas no escuro do trem-fantasma. Derretendo como algodões doces. Eu e minha imaginação no parque. Duas tontas no Chapéu Mexicano. Eu e a minha imaginação no parque. Tiramos a sorte no realejo e ela sorri para nós! Eu e a minha imaginação e a sorte, juntas, debaixo dos lençóis. A minha imaginação é melhor do que o mundo. Remix de texto de Julho, 2009

Arquivado em:02neurônio, textos

Sobre o Autor

Escrito por

caótica, escritora, jornalista, roteirista, o outro blog é o defeito.com, rio de janeiro.