Os demônios da pequena

Meus pequenos demônios moram debaixo da cama
Moram na terceira gaveta do armário
Moram na sola do meu sapato
Meus pequenos demônios moram dentro de uma cárie
No fundo do meu umbigo
Debaixo do meu cobertor
De vez em quando viajam
Mas sempre voltam
Dizem que é só por causa do meu café.
Entrem, pestes, que a casa é sempre sua!

Setembro, 2009