De textos

Onde as dores se encontram

Ela era nova ali e, como sempre costumava acontecer, chegou com jeito de pouca conversa. Apenas ajeitou os óculos escuros e pediu: – Um café. Do outro canto do balcão, veio o comentário em voz baixa. – Isso aí é amor. Conheço de longe. Quem disse foi a Marca de Vacina que, estando ali quase…

Quando era asa, voei

Quando era asa nadei. Na correnteza do vento. No chão, rainha é a areia. E os grãos que tudo devoram. Quando era asa, voei. Da sua mentira, cai.

Beijocas, não

“Então,  beijocas”. Fico olhando perplexa para aquela mensagem.. Beijocas. Beijocas. É, boy. Vou ter que sacar meu três oitão. Porra, beijocas não. Qualquer coisa, mas beijocas não. Beijocas é a covardia em letras miúdas no zap. Não tem nada mais broxante do que beijocas. Vindas da boca de um ex.  E essa  boca já fez…

Amanhã é um dia triste

“No final tudo dá certo.” Sempre detestei este tipo de consolo. A começar pelo óbvio: no final, morremos. Eu sei que isso é spoiler, um detalhe incômodo, mas é assim que é . No final, morremos. Depois?  Talvez poeira cósmica. Andar pelas nuvens de camisolão . Voltar como bebê e recomeçar do zero.  Aí, amigos,…

Antitutorial da vida

Não sei. Marcenaria, tricô, quais são todos os países da Europa, japonês. Minecraft, tocar violão, costurar um capuz de unicórnio ou panda. Técnica contra assalto de um roubo de bolsa. Em dois golpes. Olho gatinha com delineador. Falar “Rihanna” direito. Me atrapalho. Também. Na diferença de quati para guaxinim. Sei. Receita de tiramisú. Contar abismos.…

A mulher impossível

Em outras rodas, e pelas ruas, e pelas bocas, em velhas juras. Em novas dores, com outros homens, em todas camas, e desamores. Nos mesmos erros, antigos trastes, em todas brasas, no carnaval. Sempre nos bêbados, nos seus rascunhos, nos infelizes,  na solidão. A mulher impossível está do outro lado da porta. Esperando que você…

As queridas ficam

Que tem machismo, a gente já sabia. E que a misoginia anda por aí de boas, pois é. É tão escancarado, que um homem que bate em mulher vai se candidatar a prefeito e é isso. Ontem foi um circo dos horrores, tá claro. Teve gente dedicando voto a torturador. E tudo. Conforme a votação…

Fica, Carnaval

Fica, Carnaval, que vai ter bolo. Fica. Faço tudo que você quiser, te juro. Te dou comida, roupa lavada e o que mais você pedir. Passo café que é uma beleza. Te prometo os maiores dengos e e as mais novas obscenidades. Te dou a senha do wifi. O meu amor descabido. Fica que vai…

Carta para um amor platônico

Você me pegou pela mão. E me levou, sim foi você que me levou, para os lugares mais lindos que dá pra imaginar. A gente dançou umas músicas ótimas, assim, no meio da sala, coisa de casal. Fez promessa e tudo, pacto de sangue, coração selvagem. Mas aí você foi lá e descobriu. Sim, que…

O encontro da Mulher Sonsinha com Deus

Ela queria muito aquele cara, muito mesmo, coisa de louco. Mas tinha como regra de vida sempre se fazer de difícil. Era seu artifício, dizia que só assim ele ia ficar na dela,  o lance era prolongar o desejo ao máximo. O desejo dele, no caso.  Os homens gostavam disso, garantia, e ainda citava um…

Bora?

Eu abri a porta e ele estava lá: Fidípides, ele mesmo que, depois de correr 42 quilômetros, me entregou uma mensagem, e era sua, uma coisa linda, escrita de próprio punho, era você me convidando para sair. E enquanto eu lia as mais doces palavras,  exausto, ele se deitou no chão da sala e morreu.…

Me atraso porque mereço

A vida é uma pequena ilha de coisas boas. Cercada de horários por todos os lados. Datas de entrega. Minutos, segundos, horas e a possibilidade diária de se atrasar para um compromisso. E compromissos estão divididos em duas categorias: os amorosos e todo o resto. Para os compromissos amorosos, consigo ter uma pontualidade tão britânica…

Fico não

Quando eu estava na porta, veio atrás de mim. Avisei logo que iria sozinha. “Sair?” Tirando minha mão da maçaneta com delicadeza, ele disse assim: “Mas o mundo só é perfeito aqui.” Seus dedos escorregando pelas minhas costas. Devagar. “Nossa cama é gigante, poderíamos foder nela a noite inteira.” Um beijo. Só que eu, eu…

Eu e a minha imaginação no parque

Eu e a minha imaginação no parque. Trocamos confidencias e vemos as formigas invadirem nosso piquenique. Eu e a minha imaginação no parque. Comemos maçãs caramelizadas no Expresso do Amor. Eu e a minha imaginação no parque. E os nossos nomes gravados no tronco de uma árvore. Eu e a minha imaginação no parque. De…